sexta-feira, 29 de abril de 2011

Uma oração que veio do inferno...

Postado em: "Tempos de Deus", Um ministério de Amor.


http://www.youtube.com/watch?v=muRM2FrVsy0

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Pr.David Wilkerson, 79 anos falece em acidente.

Postado por: "Tempos de Deus", Um ministério de Amor.

Pr.David Wilkerson, 79 anos falece em acidente.
Wilkerson fundou o Desafio Jovem, um programa cristão para recuperação de jovens viciados. Ele deixou esposa, quatro filhos e 11 netos. Autor de “A cruz e o punhal” sofre acidente de carro nos EUA O pastor David Wilkerson, 79 anos, fundador da Times Square Church em Nova York, e autor de livros conhecidos como “A Cruz e o Punhal”, faleceu nesta quarta-feira em um acidente de carro numa rodovia do Texas. Ele perdeu o controle do carro e se chocou com um caminhão que vinha no sentido contrário (Fonte Creio)


Lembrança!
Quando Pr.David Wilkerson esteve no Brasil, e precisamente pela lembrança que tenho da sua vinda a Porto Alegre, e 
aqui realizar uma cruzada para libertação dos viciados. E isto aconteceu numa época em que os hipes(desculpe meu inglês) eram os idealista e como ainda até hoje trabalham como artesões. Eu tinha na época 23 anos e estava noivo,
lembro-me que um jovem procurou-me na oportunidade, e desejava libertar-se do vicio da maconha e cocaína. Nós jovens da Ass.de Deus na época estavamos todos envolvidos com a chegada deste homem de Deus, Pr.David, que nos trouxe uma visão nova de como trabalhar com estas pessoas no poder da palavra de Deus. Então abracei esta oportunidade para cuidar deste jovem. Convide-o a jejuar comigo no dia seguinte, e clamamos a Deus pela sua libertação. E isto o fiz dentro de uma lojinha que gerênciava abaixo do viaduto da Av.Borges de Medeiros, assim passamos o dia ali entre o trabalho, lendo a Bíblia e escutando hinos e orando. No final da tarde leveio a casa de minha noiva, para tomarmos um café e entregando assim nosso jejum. Depois pedi para posar ali com ele na sala. E Deus me instruiu a comprar umas balas de café. E a noite toda quando o via ranger os dentes por falta das drogas, lhe enfiava uma bala de café na boca. Pela manhã ele acorda, e diz-me: Parece que estou com a boca como um fel de mel. Dei um sorriso para .ele. E assim ele se foi, depois de uma semana, me procurou alegre e que tinha se batizado nas águas e, encontrado uma missionária suéca e que, eles estavam para se casar. Aleluias, lembranças que nos fazem viver a alegria deste evangelho. Obrigado Deus, pelo teu servo Pr.David Wilkerson que o levasse de uma forma que só podemos dizer, tu sabes todas as coisas e como elas acontecem. 


Servo Dilson de Mendonça

segunda-feira, 25 de abril de 2011

O Crente Total Flex

Postado em: "Tempos de Deus", Um ministério de Amor.


O Crente Total Flex


Por PC@maral


Quando Jesus me fez o convite para fazer parte da família de Deus, no inicio fui meio que relutante, mas logo cedi ao chamado do Senhor e comecei a congregar na Igreja que estou até hoje. O que me alimentou nesse tempo todo? A Palavra de Deus!
Este é o combustível, o alimento espiritual do crente em Jesus Cristo, salvo pelo seu sangue, a Sua Palavra, e ela é única.

Infelizmente, talvez, eu, e você que lê este artigo, e outros poucos, sejam exceção neste mundo “Cristão Gospel Flex”.

Falo isso porque constatei, durante estes anos todos, um tipo de crente que está na moda: “O Crente Total Flex”. Esse aceita qualquer evangelho! Não importa a qualidade do alimento, ele não olha para isso, ele olha para o resultado imediato: “com esse, encho o tanque, e ando mais uma semana!”.

O crente total flex, não tem pouso fixo, ele pula de igreja em igreja atrás de uma “promoção” de benção melhor. Quando a igreja faz propaganda de milagres então; lá está o crente flex! Quando anunciam quebra de maldição, lá vai o crente flex com a suas correntes, quando a promoção é regressão, ele já está deitado no “divã” da igreja, quando é possessão, lá vai ele expulsar os “caronas”. Quando é caroço então, nem se fala; já apresenta a mão, (aqui está a minha mão).

O crente flex não se alimenta da palavra. Ela (a palavra de Deus) é o único combustível que pode dar a vida eterna, mas ele prefere viver neste mundo perene.

Ele prefere dizer que se alimentar destes muitos tipos de combustíveis sai mais em conta e o lucro é maior. O combustível da Palavra de Deus é muito caro e trabalhoso, e requer fidelidade – (coisa que ele não admite ter com ninguém). Ele não atenta para os benefícios à longo prazo da Palavra que liberta o motor e limpa todas as peças emperradas pelo pecado.

O crente flex não quer isso, quer mesmo é trafegar para lá e para cá, para lá e para cá, até Jesus voltar.

A nossa oração é para que este tipo de crente saia de linha, e, o que sobrar ainda rodando, caia no desuso, para que, através do combustível verdadeiro que é a Palavra de Deus seja aperfeiçoado e possa ser exportado, com Jesus, para o céu.


PC@maral


Leia Mais em: http://www.genizahvirtual.com/2011/04/o-crente-total-flex.html#ixzz1KZdkMlTw
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial Share Alike

domingo, 24 de abril de 2011

NEGAR A SI MESMO” — O QUE É?!

Postado em: "Tempos de Deus", Um ministério de Amor.


 jesus dizia a todos: “Se alguém quiser acompanhar-me, negue-se a si mesmo...” -- Lucas 9:23
 Debrucemo-nos sobre a verdadeira idéia do que seja o “negar a si mesmo”, a fim de tentarmos compreender esta solene e profunda constatação do Mestre dos mestres.
A maioria das interpretações que se faz no meio religioso coincide em traduzir essa expressão dita por Cristo como se ela quisesse significar a negação e conseqüente repressão da satisfação de todos os apetites carnais, ou desejos instintivos, que quase sempre são considerados como inclinações para o mal. Tudo isso corrobora com aquilo que estava dentro dos limites da lei de Javé, e que para não ir contra a “lei de do amor de Deus” ou o amor aos homens, deveria ser negado.
Conta o mito que o jovem Narciso, belíssimo, nunca tinha visto sua própria imagem. Um dia, passeando por um bosque, encontrou um lago. Aproximou-se e viu nas águas um jovem de extraordinária beleza e pelo qual se apaixonou perdidamente. Desejava que o jovem saísse das águas e viesse ao seu encontro, mas como ele parecia recusar-se a sair do lago, Narciso mergulhou nas águas, foi ás profundezas á procura do outro que fugia, morrendo afogado. Narciso morrera de amor por si mesmo, ou melhor, de amor por sua própria imagem ou pela auto-imagem".
O narcisismo é o encantamento e a paixão que sentimos por nossa própria imagem ou por nós mesmos, porque não conseguimos diferenciar um do outro. Freud criticava a humanidade em geral, pois nela, ele vislumbrava o narcisismo, essa bela imagem que os homens possuem de si mesmos, como seres ilusoriamente racionais e com a qual estiveram encantados durante séculos.
Nietzsche defendia que havia duas negações, quando assim escreveu:existe a negação que encerra em si mesma a minha imoralidade. De um lado, eu nego um tipo de homem que até agora tem sido considerado como superior: o dos bons, dos benévolos, dos caridosos; de outro, contradigo uma espécie de moral que chegou a adquirir a certa preponderância, chamada mais claramente de a moral decadente, a moral cristã”.
O psicanalista Jurandir Freire via a presença do narcisismo no cristianismo,quando assim falou em uma entrevista concedida em 2003: “o pedido do tipo “seja tão perfeito quanto um dia você foi antes da queda” explica bem o funcionamento narcísico, o nosso velho e bom funcionamento narcísico. Eu diria quem dera que a gente continuasse nele em certos aspectos. Então eu sofria porque eu tentava decifrar o outro, e sofria ou então queria me transformar, e não sabia que eu chegava a um estado de perfeição que só podia imaginar como sendo da plenitude narcísica, que um dia eu havia tido”.
Ser um Narciso é ser alguém que está sempre se olhando concentrado em um espelho, e sua vida parece consistir em procurar unicamente seu reflexo no olhar dos outros. O outro não existe como indivíduo, mas apenas enquanto espelho. É bem verdade que muito do que passamos em nossas crises existenciais tem ligação com o narcisismo.
O embevecimento com a própria imagem levou Narciso a morrer afogado em “si mesmo”. Quando o desejo egóico de afirmar-se como o centro do universo, de ser reconhecido e admirado por todos, de ser o primeiro e o único, é sempre levado à frente em detrimento do outro, esse ser humano se isola, definha e morre em sua própria solidão.
P.S.: Diante do que foi exposto, ficam aqui, três questionamentos dirigidos aos leitores que se interessarem em fazer uma profunda reflexão sobre o que seria que Cristo queria dizer com essa emblemática expressão: “NEGAR A SI MESMO”.
 1.O “Negar a si mesmo” (dito por Cristo) seria o mesmo que reprimir os desejos profundos e intrínsecos de nossa natureza em benefício de algo maior?
OU
2. Esse “Negar a si mesmo” significa simplesmente dizer NÃO ou um BASTA a esse encantamento narcísico, a essa bela imagem que fazemos de nós?
OU
3. Esse “Negar a si mesmo” diz respeito ao reconhecimento do nosso lado SOMBRA que, inconscientemente, projetamos no outro? Nesse caso, o “não negar a si mesmo”, seria o mesmo que não admitir o fato de que o comportamento “estranho” do outro, reflete o nosso eu interior coberto pela máscara social?
OBS: Para melhor entendimento, essa terceira opção poderia ser resumida da seguinte forma:
3. Será que esse “negar a si mesmo” não seria o reconhecer que o nosso eu interior está coberto pela máscara social?
 Ensaio por Levi B. Santos
Enviado pela amiga Neuda Carvalho (neudacarvalho@hotmail.com)

sábado, 23 de abril de 2011

DGM Noticias Sociais Envagélicas: Pe. Fábio: “A vida sacerdotal é uma ousada tentativa de antecipar (…) aquilo que já é eterno”

DGM Noticias Sociais Envagélicas: Pe. Fábio: “A vida sacerdotal é uma ousada tentativa de antecipar (…) aquilo que já é eterno”

Onde vamos parar? Tribunal da Austrália permite que menino de 10 anos mude de sexo

Postado em: "Tempos de Deus", Um ministério de Amor.


Um tribunal da Austrália bateu o martelo e permitiu que um menino de 10 anos seja submetido a terapia para mudança der sexo. O garoto, conhecido apenas como Jamie, é gêmeo e está vivendo os três últimos anos como uma menina: veste roupas femininas, usa o banheiro das meninas na escola e “se apresenta como uma jovem e atraente garota com cabelos longos e louros”, conforme a corte afirmou na sua decisão.
Pais, médicos e psiquatras disseram temer que a chegada da puberdade levasse Jamie a tomar medidas extremas, como o suicídio, e resolveram apoiar a aplicação urgente da terapia para mudança de sexo. Ele será o mais jovem australiano a ser submetido ao tratamento, segundo reportagem do site “News.com.au”.
Jamie passará agora por tratamento com remédios para esconder os traços da puberdade masculina. Aos 16 anos, será aplicada a segunda fase da transformação: a terapia usando hormônios femininos. O juiz que ditou a sentença disse reconhecer “uma menina em corpo de menino”.
A mãe de Jamie contou que, aos 3 anos, o menino se queixou: “Mamãe é tão difícil tentar ser um menino”. A família passou a tratar Jamie como menina em 2008. O irmão gêmeo passou a aceitar a situação e a dizer: “Eu tenho uma irmã”.
“Jamie vive confortavelmente como menina. Tem confiança e não sofre isolamento social”, declarou a mãe.
Segundo ela, o primeiro especialista a ver Jamie, em fevereiro de 2009, notou que “Jamie parecia convincentemente feminino de todas as maneiras”, à exceção da genitália. O médico se mostrou preocupado com o rápido desenvolvimento da puberdade e recomendou imediato tratamento.
Por: Fernando Moreira
Fonte: ADBERJ

quinta-feira, 21 de abril de 2011

PÁSCOA "JESUS CRISTO" A RESSURREIÇÃO

Postado em: "Tempos de Deus", Um ministério de Amor.

http://youtu.be/hrrTjpqyMMY
 
Quero entender melhor o texto de  Mateus 27:50-54
 E Jesus, clamando outra vez com grande voz, entregou o espírito.  Eis que o véu do santuário se rasgou em duas partes de alto a baixo; tremeu a terra, fenderam-se as rochas;  abriram-se os sepulcros, e muitos corpos de santos, que dormiam, ressuscitaram;  e, saindo dos sepulcros depois da ressurreição de Jesus, entraram na cidade santa e apareceram a muitos.  O centurião e os que com ele guardavam a Jesus, vendo o terremoto e tudo o que se passava, ficaram possuídos de grande temor e disseram: Verdadeiramente este era Filho de Deus. (Mateus 27:50-54 RA)

A Bíblia traz diversos acontecimentos e fatos interessantes que não são percebidos senão por aqueles que a amam, e gostam de estuda-la comparando um ensinamento de uma parte com ensinamentos de outras partes.
Como Deus é um só, e não muda, podemos esperar que sua Palavra também não venha a se contradizer. Na verdade o que é ensinado em um lugar é confirmado em outros.

O véu a que se faz referência aqui é o véu do santo para o santíssimo lugar no templo de Herodes ( em Jerusalém).
Por milhares de anos o povo Judeu oferecia cordeiros como uma lembrança que um dia o substituto divino haveria de vir libertando os homens da culpa por seus pecados. O véu do templo se rasgou de alto abaixo por ocasião da morte de Cristo como um gesto divino para lembrar os sacerdotes de que o objeto de todos os símbolos e sacrifícios tinha vindo ao mundo e cumprira o seu papel de substituto.

O véu do templo era pesado. Humanamente não seria possível ele rasgar-se de alto abaixo. Foi um aviso de Deus para os sacerdotes pensarem melhor sobre seus rotineiros sacrifícios.

Após a morte de Cristo as cerimônias de sacrifícios de animais ainda continuaram. Embora os cristãos sabiam que o verdadeiro cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo tinha vindo, os Judeus não aceitaram a Jesus como o Messias prometido, e continuaram com estes rituais. Apenas após a destruição do templo de Jerusalém, por exércitos Romanos, é que por motivo de força maior os sacrifícios no Templo deixaram de ser celebrados. Isto nos mostra que Deus envia seus avisos, fala a consciência, mas não obriga ninguém a segui-lo.
João 1:29 ¶ No dia seguinte, viu João a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!

Felizmente muitos sacerdotes após a ressurreição de Cristo o aceitaram como Senhor e Deus.
Atos 6:7  Crescia a palavra de Deus, e, em Jerusalém, se multiplicava o número dos discípulos; também muitíssimos sacerdotes obedeciam à fé.
Outros por sua vez perseguiram os seguidores de Cristo.
Atos 9:14  e para aqui trouxe autorização dos principais sacerdotes para prender a todos os que invocam o teu nome.
Quem foram as pessoas que ressuscitaram?
Não sabemos quem foram as pessoas que ressuscitaram.
Mas o objetivo desta ressurreição em grupo provavelmente foi o seguinte. Por influência de sacerdotes e governantes corruptos, os soldados espalharam que Jesus não havia ressuscitado, mas sim que seu corpo fora roubado.
Então Deus providenciou que pessoas falecidas de épocas diversas da história passada ressuscitassem e eles próprios dessem o testemunho de que Jesus realmente havia ressuscitado.
Um detalhe interessante a ser observado é que estas pessoas que foram beneficiadas com esta ressurreição especial apenas saíram dos túmulos quando o próprio Jesus saiu também.
Eles apareceram a muitas pessoas da cidade de Jerusalém. E ficaram algumas horas ou dias falando que Jesus tinha ressuscitado e era o Filho de Deus.
A forma que eles assumiram foi a mesma que Jesus assumiu após ressuscitar, ou seja, em carne e osso. Jesus ressuscitou com um corpo incorruptível mas um corpo real. Ele incentivou alguns discípulos a tocarem nele para confirmarem que ele um ser humano verdadeiro.
Quando Jesus ressuscitou disse a Maria Madalena que ainda não havia ido ter com o Pai.
João 20:17  Recomendou-lhe Jesus: Não me detenhas; porque ainda não subi para meu Pai, mas vai ter com os meus irmãos e dize-lhes: Subo para meu Pai e vosso Pai, para meu Deus e vosso Deus.
Estudiosos bíblicos acreditam que quando Jesus foi ao céu para se apresentar como vitorioso contra o mal, estas pessoas que foram ressuscitadas com ele tenham ido também, e lá permanecem.
Jesus retornou. Encontrou-se com seus discípulos como havia falado a Maria Madalena. E após 40 dias subiu ao céu definitivamente.
A segunda vinda de Jesus a este mundo conforme prometida por ele mesmo será para ressuscitar a todos os que o amam e que dormem no pó da terra. Os vivos também serão transformados e receberão um corpo incorruptível. Será uma vinda gloriosa e esplendorosa.
Então, verão o Filho do Homem vir nas nuvens, com grande poder e glória. (Marcos 13:26 RA)
Ora, ainda vos declaramos, por palavra do Senhor, isto: nós, os vivos, os que ficarmos até à vinda do Senhor, de modo algum precederemos os que dormem.  Porquanto o Senhor mesmo, dada a sua palavra de ordem, ouvida a voz do arcanjo, e ressoada a trombeta de Deus, descerá dos céus, e os mortos em Cristoressuscitarão primeiro;  depois, nós, os vivos, os que ficarmos, seremos arrebatados juntamente com eles, entre nuvens, para o encontro do Senhor nos ares, e, assim, estaremos para sempre com o Senhor.  Consolai-vos, pois, uns aos outros com estas palavras. (1 Ts 4:15-18 RA)

A ressurreição daquele grupo especial por ocasião da ressurreição de Cristo foi apenas uma demonstração em miniatura daquele grande dia quando todos os que dormem e amam a Cristo serão ressuscitados para morar com ele no seu reino eterno.

Recebi de minha amiga 


Anadir Zanatta (anadirzanatta@hotmail.com)

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Feliz Páscoa!

Postado em: "Tempos de Deus", Um ministério de Amor.


Jesus Nosso Cordeiro Pascoal

A Páscoa foi instituída por Deus ao Povo de Israel, quando eles estavam na escravidão do Egito; Deus nomeou Moises para tirar o povo do Egito e determinou que na noite memorável da saída do Egito deveria ser realizado um ritual sagrado que seria repassado as gerações futuras, para que aquele acontecimento, não fosse esquecido por  todas as gerações seguintes e que consistia em:
-Sacrificar um cordeiro limpo, puro sem defeito ,por família, passar o sangue nos umbrais das portas, por fora, queimar as gorduras e comer toda carne, a família reunida e já vestida adequadamente pronta para partir;A meia noite o anjo da  morte, passaria pelas terras do Egito e mataria todos os primogênitos do sexo masculino;
Ao passar nas casas que tivesse o sangue aspergido ele (o anjo da morte)não atingiria ninguém.O povo saiu do Egito, liberto, levando muitas riquezas e foi sacrificar ao Deus de Israel , o grande Eu Sou no deserto.
Um dia no Calvário, um Cordeiro,Puro,Limpo,Sem Pecado(Jesus)
Ofereceu-se  expontâneamente  para resgatar o Homem (Obra Prima da Criação) de todos os seus pecados e da maldição da Condenação eterna, lhe imposta pelo pecado de Adão e Eva e que NADA poderia lhe livrar, pois o homem já traz em si quando nasce o estigma de pecador(herança).O homem já nasce Pecador e também do terrível satanás que estava presente no Jardim do Éden no momento da Queda do Homem;.O Grande Amor de Deus moveu Jesus a vir a terra promover esta Libertação, Seu Sangue foi derramado ,
a semelhança do Cordeiro Pascoal, para promover uma Libertação TOTAL, Física, Emocional e Espiritual. JESUS Conseguiu, entregou Sua Vida, Morreu, mas!!!!!!!!!! RESSUSCITOU .estar VIVO no Céu e Pronto para Abençoar sua vida e só você aceitá-lo como Salvador.
Feliz Páscoa!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Recebi de minha amiga Neuda Carvalho (neudacarvalho@hotmail.com)

quarta-feira, 13 de abril de 2011

CICATRIZES

Postado em: "Tempos de Deus", Um ministério de Amor.


CICATRIZES

Certo garoto tinha um temperamento muito explosivo.
Um dia ele recebeu de seu pai um saco cheio de pregos e uma placa de madeira,
para que, toda vez que perdesse a paciência com alguém, martelasse um prego na tábua.
No primeiro dia o garoto colocou 37 pregos na tábua.
Mas, nos dias seguintes, ele descobriu que dava menos trabalho controlar sua raiva a ter que ir todos os dias pregar diversos pregos na placa de madeira...
Assim, o número de pregos martelados ía diminuindo gradativamente.

Finalmente, chegou o dia em que o garoto não perdeu a paciência em
hora alguma. Muito contente, falou com seu pai sobre seu sucesso e como estava
se sentindo melhor em não explodir com os outros.
Então, o pai sugeriu que o menino retirasse todos os pregos da tábua e a trouxesse para ele.

- Você está de parabéns, meu filho, mas dê uma olhada nos buracos que os pregos deixaram, a tábua nunca mais será como antes.
Quando você diz coisas com raiva, suas palavras deixam marcas como essas.
Não importa quantas vezes você peça desculpas, a cicatriz continuará lá.
Uma agressão verbal é tão ruim quanto uma agressão física..

Tiago 1:
3 - Ora, nós pomos freio nas bocas dos cavalos, para que nos obedeçam; e conseguimos dirigir todo o seu corpo.

4 - Vede também as naus que, sendo tão grandes, e levadas de impetuosos ventos, se viram com um bem pequeno leme para onde quer a vontade daquele que as governa.

5 - Assim também a língua é um pequeno membro, e gloria-se de grandes coisas. Vede quão grande bosque um pequeno fogo incendeia.

domingo, 10 de abril de 2011

Queimar Alcorão é como crucificar Jesus Cristo, afirma John Piper

Postado em: "Tempos de Deus", Um ministério de Amor.

O altamente respeitado pastor evangélico John Piper fez um comentário surpreendente ainda perspicaz terça-feira quando ele comparou a queima do livro sagrado islâmico com a crucificação de Cristo.
Seu comentário vem em meio a relatos de que pelo menos 24 pessoas morreram, inclusive sete funcionários das Nações Unidas, no Afeganistão, desde sexta-feira por causa da queima do Alcorão por um pastor da Flórida, em março.
Para ajudar a explicar a fúria violenta dos Muçulmanos pela queima do Alcorão, Piper citou escrita do estudioso britânico Andrew Walls, fundador do Centro para o Estudo do Cristianismo no mundo não-ocidental, em seu livro The Cross-Cultural Process in Christian History (Processo Transcultural na História do Cristianismo).
No livro, Walls destacou que a diferença entre o Islã e o Cristianismo é que uma é facilmente traduzível, enquanto a outra resiste à tradução.
“Absolutos islâmicos são fixos em uma determinada língua, e nas condições de um determinado período da história humana. A Palavra divina, é o Alcorão, fixo no céu para sempre em árabe, a língua da revelação original,” escreveu Walls. “Para os Cristãos, no entanto, a Palavra divina é traduzível, infinitamente traduzível.
“Muito do mal-entendido entre Cristãos e Muçulmanos, surgiu a partir do pressuposto de que o Alcorão é para os Muçulmanos o que a Bíblia é para os Cristãos,” escreveu o Walls, que foi um dos primeiros estudiosos a estudar a mudança global da Igreja longe do Ocidente. “Seria mais correto dizer que o Alcorão é para os Muçulmanos que Cristo é para os Cristãos.”
Piper concluiu que o paralelo entre o Cristianismo e o Islã não é Cristo para profeta Maomé e Alcorão para a Bíblia. Pelo contrário, o paralelo é entre Alcorão e Cristo.
“O Alcorão é no Islã o que a encarnação de Cristo é para o Cristianismo,” afirmou Piper em seu blog no site Desiring God. “Se isto é assim, então a queima do Alcorão é paralela à crucificação de Cristo.”
A violência atual do Afeganistão relacionada com o Alcorão foi despertado quando o pastor da Flórida, Terry Jones e pregador Wayne Sapp colocou o livro sagrado islâmico em um julgamento simulado em 20 de março e achou-o “culpado de causar estupro, assassinato e terrorismo.” Como castigo, o Alcorão foi queimado.
Houve intencionalmente pouca cobertura da mídia nos EUA sobre a queima do Alcorão. Mas a notícia da profanação do livro sagrado islâmico logo chegou ao Afeganistão e Paquistão pela internet. O presidente afegão Hamid Karzai manifestou-se contra a queima do Alcorão e pediu ao governo dos EUA para processar os responsáveis. Oito dias depois de Karzai, condenou a queima Alcorão como “desrespeitosa e abominável,” protestos violentos eclodiram.
Em 01 de abril, centenas de afegãos irritados marcharam para a sede da missão da ONU no norte da cidade de Mazar-i-Sharif, após as orações de sexta-feira e atacaram os guardas e incendiaram a embaixada. Quase uma semana depois, os protestos continuaram em erupção no Afeganistão pelo que dois pregadores norte-americanos fizeram com o Alcorão.
Piper em seu blog sustentou que a queima do Alcorão não é o equivalente moral do assassinato de seres humanos. Mas ele observou que a compreensão do paralelo entre o cristianismo e o islamismo ajuda a explicar por que os Muçulmanos estão tão indignados.
No entanto, o pastor Minnesota também apontou a diferença entre a forma como o Islã e o Cristianismo ensinam os seus seguidores a reagir quando o Alcorão é profanado ou Cristo é crucificado. Mesmo quando Jesus enfrentou a crucificação, ele condenou a violência. Jesus repreendeu um de seus seguidores por usar a espada (Mateus 26:52), curou a orelha do inimigo que foi cortada (Lucas 22:51), orou para o perdão de quem o matou (Lucas 23:34), e ensinou seus discípulos a amar os seus inimigos (Lucas 6:27), apontou Piper.
“Assim, o Alcorão foi queimado e Cristo foi crucificado – e continua a ser crucificado,” Piper escreveu. “A prova está na resposta.”
Fonte: The Christian Post

Homenagem póstuma ao atirador de Realengo

Postado em: "Tempos de Deus", Um ministério de Amor.



Realengo faz parte da minha infância
De bicicleta, da Fundação à Marechal Hermes
Da Fundação à Ricardo, à Realengo, à Anchieta
Fundação é Deodoro, é Guadalupe, é sei lá.
Certamente todo o bulling que sofreu não justifica
Tanto ódio à escola
O lençol branco que reivindica ficou manchado de sangue
Do sangue inocente
Você matou famílias, cidade, estado, país.
Você conseguiu matar todos nós.
Poderia ter buscado tratamento
Poderia ser curado, mas, preferiu se vingar do desconhecido
E colocou as religiões no meio
Da sua fantasia macabra
Poderia ter ido à Mocidade conhecer as meninas
E cantar o samba-enredo de 1975
O Mundo Fantástico do Uirapuru
Era só abraçar a sorte e afastar o azar…
Ou surfar nos trens da Central, muito louco!
Ou capinar nos quartéis do Exército abandonados do seu bairro…
Tantos escapes possíveis…
Ou se entregar de fato à Jesus,
Nele existe vida plena, aqui e na esperança.
E aí pertinho tantas boas opções
Primeira Igreja Presbiteriana de Bangú, é um céu!
Primeira Igreja Batista de Moça Bonita, é um paraíso!
Primeira e Segunda Batista de Realengo, só bençãos!
Quero ser enterrado ao lado da minha mãe…
Cara, você é muito doido, como exigir algo depois do que fez?
Você virou estrela, ganhou notoriedade no mundo inteiro
Mas, serviu pra que?
Minha homenagem póstuma, caro atirador
Vai no sentido que devemos respeitar mais as pessoas
Ninguém sabe o que vai dentro das pessoas
Os seus sentimentos, medos, alegrias, tristezas, prazeres
Você não terá homenagens póstumas, não será enterrado como desejou
Não terá lençol branco nenhum e nem mãos com luvas
Os impuros, mais puros do que você, vão lhe enterrar como eles quiserem
Filmes e livros serão escritos sobre você e muitos ganharão muito dinheiro
A única homenagem que posso fazer é que na loucura revelada e covarde
Precisamos amar mais pessoas como você para que não cometam tais desatinos
E proteger melhor as outras pessoas que nada têm com a sua doença.

Vital Sousa
Fonte: ADIBERJ

TIRE A TRAVE DO TEU OLHO

Postado em: "Tempos de Deus", Um ministério de Amor.





Imagina você num culto onde o Pastor começa orando pedindo perdão pelos pecados cometidos, entre eles, mentira, vicio, traição, prostituição. Estranho não é?
Você ficaria ouvindo a pregação de um Pastor que não vive o que prega?
O que essa pessoa teria para te oferecer? Claro que absolutamente nada. 
Esse tipo de comportamento não é o que se espera de um Pastor, de uma pessoa que prega a Palavra de Deus. E essas atitudes desqualificam o ministério de qualquer um. 
Como um homem pode guiar a outro se ele mesmo não enxerga? Como ele vai falar de salvação se ele mesmo não esta salvo?Jesus o chama de guia cego. 
A autoridade das palavras de um homem de Deus está no fato dele viver o que diz.
As minhas palavras precisam ser conseqüências do meu viver.
A pessoa que crê, confessa a Fé em Cristo, mas não guarda os mandamentos, tenta ensinar outros e não vive os próprios ensinamentos, vira uma fraude, um enganador.
Assim, vamos falar sobre paternidade, sobre o papel daquele que exerce liderança, influência. 
Temos sobre nós uma palavra onde Deus está levantando uma geração que vai exercer influência, que vai ocupar lugar de liderança na nossa nação.
Deus está levantando pais; pessoas que vão gerar e cuidar dos filhos para Ele.
Esses pais acabam imprimindo em seus filhos o seu DNA espiritual, ministerial.
Um pai transfere tudo àquilo que ele é e que recebeu de Deus.
Esses são pais naturais e pais espirituais (pessoas que falam do amor de Deus, líderes de célula, por exemplo). 
A característica mais forte de um pai é o ensino pelo exemplo, isso porque os filhos vão assimilar muito mais o que você faz do que aquilo que você fala.
Os filhos aprendem com as atitudes dos pais. O ensinamento do pai precisa ser coerente com o que ele vive porque o que fica para os filhos é a forma de vida, o que ele é.
Imagina um pai que fuma e bebe, dizendo para o filho não fazer o mesmo. O filho acha esse comportamento normal.
E o mesmo acontece com pais espirituais, às atitudes, as dicas, elas é que ficam.
O exemplo que o pai dar, o filho recebe. 
Você como cristão exerce algum nível de influência, de paternidade nas pessoas.
Deus te chamou para ser modelo espiritual, de retidão, de justiça, de verdade, de amor ao próximo, de obediência à Palavra de Deus, de honestidade, de confiança e aliança com Deus.
O desejo do Senhor é que a Igreja exerça uma influência positiva sobre a nação.
Jesus nos mostra isso quando diz que somos luz do mundo e sal da terra.
Estamos sendo separados para influenciar, para iluminar e mostrar o caminho, mas uma Igreja só influência positivamente uma nação quando ela tem crédito. 
Uma Igreja que não vive o que prega vai influenciar o quê?
Segundo o IBGE, os cristãos evangélicos crescem quatro vezes mais rápidos do que a própria população e se continuar assim em 2022 o Brasil será 51% evangélico.
O número de cristão aumentando e nenhuma mudança acontecendo, a influência sobre a sociedade continua sendo zero. Para ter crédito precisamos ser modelo.
Se você aceitou o desafio de ser luz no mundo, precisa tomar algumas decisões: 
Tirar a trave do seu olho 
Mateus 7:3-5
“E por que reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão, e não vês a trave que está no teu olho?
Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, estando uma trave no teu?
Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão.” 
Jesus é incisivo nessa passagem, Ele deixa claro que não suporta a hipocrisia.
A hipocrisia consiste em não reconhecer seu próprio pecado que é maior do que o pecado alheio.
A vida do hipócrita não é reta diante de Deus e ele ordena isso das pessoas que estão a sua volta. 
Mateus 16:6
“E Jesus disse-lhes: Adverti, e acautelai-vos do fermento dos fariseus e saduceus.” 
Como você vai apontar o erro dos outros se você não enxerga os seus?
Esta era uma das características dos fariseus, eles não aceitavam seus erros e amavam julgar e condenar o erro do próximo, fingindo interesse espiritual.
Para eles Jesus disse: Vocês engolem camelo e coam moscas, isto porque eles cometiam erros muito maiores.
Jesus sempre pedia para os Seus discípulos se auto-analisarem, para eles se olharem no espelho. 
Devemos tratar os problemas, eliminar o pecado, vencer as tentações e depois de ter certeza que estamos enxergando bem, dizer aos outros o que devem fazer. 
Não devemos ser como o sepulcro caiado, bonito por fora e pobre por dentro. 
Deus tem o desejo de levantar e usar essa geração, mas Ele não admite hipocrisia. 
E se tornar hipócrita é não ser capaz de reconhecer as próprias falhas. 
A maior necessidade da Igreja hoje é ser representada por pessoas que vivem o que pregam. 
Jerusalém foi uma cidade escolhida por Deus, ela é considerada santa para os judeus, muçulmanos e cristãos, nela foi construído o templo, foi considerada também luzeiro entre as nações.
E aqui temos uma palavra contra ela: 
Sofonias 3:1-2
“Ai da rebelde e contaminada, da cidade opressora!
Não obedeceu à sua voz, não aceitou o castigo; não confiou no SENHOR; nem se aproximou do seu Deus.” 
Deus escolheu Israel como modelo, um povo para discipular outras nações e Jerusalém era a capital espiritual de Israel. Quem olhasse para Jerusalém tinha que ver algum diferencial. 
A fama de Jerusalém vem de milênios e isso muitas vezes lhe trazia uma falsa segurança e isso fez o povo achar que estava distante da correção.
Com isso, Jerusalém sofreu sérias conseqüências e por muitas vezes Deus precisou levantar profetas para alertar o povo. 
Esses alertas são válidos para a nossa vida.
O povo de Jerusalém vivia um quadro de hipocrisia, porque não reconhecia seus próprios pecados.
Em Sofonias 3:1-2 podemos notar quatro traves, quatro grandes pecados: 
1º – Não escutavam a ninguém
É como aquelas pessoas que não escutam líder, Pastor. Pessoas que dizem que não precisam escutar ninguém, que acham que a Palavra é sempre para os outros e nunca para ela. Elas se cercam por uma falsa segurança, e muitas vezes chamam obediência de fanatismo. Não vivem o que pregam. 
Deus nos mostra como devemos ser em: 
Tiago 1:22
“E sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos com falsos discursos.” 
Um dos principais objetivos do Espírito de Deus é tratar nosso caráter.
Precisamos buscar por transformação, pois nosso caráter e nosso coração precisam ser iguais ao de Jesus. Assim nossas palavras vão liberar poder. 
2º – Não aceitavam disciplina 
Você acha que vai andar com Deus fazendo as coisas do seu jeito? 
Provérbios 3:11-13
“Filho meu, não rejeites a correção do SENHOR, nem te enojes da sua repreensão.
Porque o SENHOR repreende aquele a quem ama, assim como o pai ao filho a quem quer bem.
Bem-aventurado o homem que acha sabedoria, e o homem que adquire conhecimento;” 
Jó 5:17
“Eis que bem-aventurado é o homem a quem Deus repreende; não desprezes, pois, a correção do Todo-Poderoso.” 
Hebreus 12:11
“E, na verdade, toda a correção, ao presente, não parece ser de gozo, senão de tristeza, mas depois produz um fruto pacífico de justiça nos exercitados por ela.” 
Educar filhos nos ensina muito sobre o relacionamento com Deus. Como pais devemos impor limites, e muitas vezes precisamos mudar a linguagem.
Com Deus também é assim se você fingir que não está ouvindo a correção, Ele vai usar outra linguagem.
Porque Deus se faz entender, porque Ele nos ama e não quer nos perder.
É ai é que você vê as situações te espremendo, Deus está te conduzindo para o lugar onde você deveria estar, de onde você não deveria ter saído. 
3ª – Não confiavam no Senhor 
Incredulidade é um pecado. Deus matou os incrédulos no deserto porque eles não conseguiam enxergar uma continuidade dos projetos de Deus.
Eles ficaram cegos por causa do medo do futuro. A dúvida do amanhã fazia com que eles esquecessem o que Deus havia feito ontem, e esse comportamento irritava ao Senhor. 
A obra de na sua vida esta somente começando.
Deus é fiel para completá-la.
Ou você confia ou você não confia.
Quando Deus te chama e te da uma orientação, creia e obedeça porque Ele vai te suprir, cuidar das suas necessidades.
Deus vai te abençoar, Confie. 
Creia e você verá a Glória de Deus. 
4º – Não se aproximavam de Deus 
O povo não se achegava a Deus.
A proximidade traz temor e isso faz com que façamos tudo pensando em Deus. Você se preocupa com a opinião de Deus e não dos homens. 
Quem teme a Deus não consegue mentir, enganar, manipular, roubar, não age com injustiça, porque sabe que vai prestar contas a Deus.
Deus vê todas as coisas e terrível coisa é cair nas mãos do Senhor. 
Quem teme a Deus tem compromisso com o que fala, procura não pecar e se pecar procura conserto diante de Deus. 
Não seja pedra de tropeço para ninguém. Não se esconda atrás de uma capa, tire a trave de seus olhos, tema a Deus e Ele ira te abençoar.
ENVIADO PELA AMIGA: Anadir Zanatta (anadirzanatta@hotmail.com)