terça-feira, 28 de junho de 2011

Vou continuar anulando casamentos gays, diz juiz Jeronymo Villas Boas

Postado em: "Tempos de Deus", Um ministério de Amor.


Em entrevista exclusiva exibida ontem no programa Fantástico, da Rede Globo, o juiz Jeronymo Villas Boas falou sobre sua decisão e negou ser homofóbico.
No último dia 18, Jeronymo Villas Boas, juiz de Goiás, mandou anular a união estável de um casal gay. Em entrevista exclusiva ao Fantástico, o juiz falou sobre sua decisão e negou ser homofóbico.
A assinatura histórica, que se dependesse do casal homossexual que se casou em Goiás duraria para sempre, valeu por pouco mais de um mês.
“[O juiz] comparou o nosso ato para o cartório como um ato criminoso, de um roqueiro que tira a roupa durante um show no palco”, diz o jornalista Léo Mendes.
Odílio e Léo foram ao Rio de Janeiro fazer outra escritura de união estável. “Sim! E não há juiz nesse país que irá nos separar”, disse Léo, na cerimônia.
A cerimônia se transformou em um protesto coletivo: 43 casais homossexuais firmaram compromisso em cartório, inclusive, Odílio e Léo.
Mas eles nem precisavam ter viajado. A corregedora de Justiça de Goiás Beatriz Figueiredo Franco anulou a sentença do juiz e deu validade ao primeiro documento assinado pelo casal. “Eu achei por bem tornar sem efeito a decisão, dado o alcance administrativo que esta significava”, diz a corregedora.
O Fantástico foi a Goiás encontrar o juiz Jeronymo Villas Boas que contrariou a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de aceitar a união estável de pessoas de mesmo sexo. A equipe de reportagem chegou no momento em que ele recebia a notificação da corregedoria, revendo a sentença.
Perguntado se não teria medo de uma punição, ele responde: “Medo não faz parte do meu vocabulário”.
Mineiro de Uberaba, 45 anos, casado, pai de dois filhos e vice-presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros. Jeronymo Villas Boas é juiz há 20 anos e diz que se baseou na lei para tomar sua decisão.
“O que neste ato pretenderam os dois declarantes é obter a proteção do estado como entidade familiar. Os efeitos jurídicos que se extrairia disso são efeitos jurídicos de proteção da família. Eles não são uma família”, afirma.
Ele argumenta que se ateve ao conceito de família definido pela Constituição brasileira. “Declara no artigo 16 que constitui família o núcleo formado entre homem e mulher. E dá a esse núcleo uma proteção especial como célula básica da sociedade. Família é aquele núcleo capaz de gerar prole”.
Para o juiz, a união estável de pessoas de mesmo sexo contraria esse conceito constitucional. Na opinião dele, casais gays não teriam como constituir nem família nem estado. “Se você fizer um experimento, levando para uma ilha do Pacífico dez homossexuais e ali eles fundarem um estado, sob a bandeira gay, e tentarem se perpetuar como estado, eu acredito que esse estado não subsistiria por mais de uma geração”, argumenta.
A posição do juiz vai contra a interpretação do Supremo Tribunal Federal sobre o que é uma família. “O ministro-relator Ayres Britto disse que a Constituição apenas silencia e, portanto, não proíbe a união homoafetiva. Em linguagem poética, o relatório dele, aprovado por unanimidade, diz que família é um núcleo doméstico baseado no afeto e que os “insondáveis domínios do afeto soltam por inteiro as amarras desse navio chamado coração”.
Religião
Desde o ano passado, o juiz Jeronymo Villas Boas é também pastor da Igreja Assembleia de Deus, que frequenta toda semana. Para os que o acusam de fundamentalismo religioso, Jeronymo Villas Boas diz que já tomou decisões contra a sua própria igreja, negando pedidos de isenção de impostos. E afirma ter outras inspirações. “As pessoas, talvez, possam querer me criticar porque eu tenho uma forte influência marxista”, diz o juiz.
De Marx, o fundador do comunismo, a Martin Luther King, de quem tem um imenso painel. “O Martin Luther King foi um defensor da igualdade racial, mas também foi um defensor da família”, destaca.
Em uma biblioteca contígua ao gabinete dele, Jeronymo mostra à equipe de Vinicius de Moraes, ao famoso ensaio do psicanalista Roberto Freire sobre o desejo, e até uma bíblia em hebraico.
Diz que lê de tudo, sem preconceito. Mas não nega a influência de seus princípios religiosos. “A Constituição brasileira foi escrita sob a proteção de Deus. Querer que um juiz, que professa a fé evangélica, não decida questões que envolva conflitos, muitas vezes, de natureza política, social ou religiosa é negar a independência do juiz”, pondera.
E afirma que vai tomar a mesma decisão sempre que houver casos semelhantes. “Já solicitei de todos os cartórios que me remetam os atos que foram praticados a partir de maio deste ano para análise”, avisa.
O repórter pergunta se ele sabe que irá enfrentar uma briga, e Jeronymo responde: “Não há problema. Se o juiz tiver medo de decidir, tem que deixar a magistratura. Juiz medroso ou covarde não tem condição de vestir a toga”.
Já quando perguntado sobre o que fará se for enquadrado pelos superiores, argumenta: “Eu tenho direito de defesa. Se me punirem sem o direito de defesa, nós entramos no regime de exceção”, afirma.
O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, se diz perplexo com a atitude de Villas Boas. Para o ministro, nenhum juiz está acima das orientações do Supremo. “No meu modo de ver, a reiteração dessa prática por esse magistrado vai revelar a postura ostensiva de afronta à Suprema corte. Isso efetivamente vai desaguar em um processo disciplinar junto ao Conselho Nacional de Justiça”, alerta Fux.
Com informações do G1

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

segunda-feira, 27 de junho de 2011

O Abecedário do Casamento Cristão

Postado em: "Tempos de Deus", Um ministério de Amor.


Abracem seus respectivos papéis de liderança amorosa e submissão respeitosa.
As mulheres sejam submissas a seus próprios maridos, como ao Senhor...Maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja...Cada um de per si, também ame a sua própria esposa como a si mesmo, e a esposa respeite a seu marido (Ef 5.22,25,33)
Busquem desenvolver sua amizade ao longo de suas vidas.
Em todo tempo ama o amigo, e na angústia se faz o irmão (Pv 17.17)Como o ferro com o ferro se afia, assim o homem ao seu amigo. (Pv 27.17)
Confiem única e exclusivamente em Cristo para construir seu lar
Se o SENHOR não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam (Sl 127.1)
Confia no Senhor de todo o teu coração, e não te estribes em teu próprio entendimento (Pv 3.5)
Desliguem a televisão!
Não porei coisa injusta diante dos meus olhos; aborreço o proceder dos que se desviam; nada disto se me pegará. Longe de mim o coração perverso; não quero conhecer o mal (Sl 101.3,4)
Escutem antes de falar.
O insensato não tem prazer no entendimento, senão em externar o seu interior 
(Pv 18.2)

Continue lendo...


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Feliz o HOMEM que ACHA sabedoria

Postado em: "Tempos de Deus", Um ministério de Amor.



1. A sabedoria é um dom divino
Gênesis 41:38-39
Peça a Deus sabedoria
2. A sabedoria não é um privilégio apenas dos idosos.
Gênesis 41:46
Peça a Deus que o ensine a aprender com as experiências.

3. A sabedoria é um dom que pode ser desenvolvido.
Lucas 2:52
Desenvolva sabedoria por meio do estudo e aplicação da Bíblia.

4. Desenvolvendo a sabedoria você visualizará o futuro com maior
clareza
Gênesis 41:25-32
Peça a Deus que lhe dê uma “visão de futuro”

5. O dom da sabedoria se manifesta quando são propostos projetos
práticos para enfrentar novos desafios
Gênesis 41:33-37, 46-49, 53-56
Que projetos você tem estabelecido para os próximos meses do ano?

6. Você manifesta sabedoria deixando o passado no passado.
Gênesis 41:50-52
O que o tem aprisionado ao passado?

7. Utilize a sabedoria para abençoar muitas outras vidas
Gênesis 41:57
De que modo você tem transformado suas bênçãos em bênçãos para outras
pessoas?

 SABEDORIA E AO ESPÍRITO

"e não podiam resistir à sabedoria e ao Espírito, pelo qual ele falava."Atos 6:10
O Espírito que usou Jesus e Seus discípulos no passado quer usar os que se colocam à Sua disposição hoje. Ele quer fazer no presente o que fez no passado. Mas, precisa de vasos vazios
 
FALA COM SABEDORIA

"Fala com sabedoria, e a instrução da bondade está na sua língua."
                      Provérbios 31:26
Os lábios da mulher sábia destilam sabedoria. Nas suas poucas palavras a bondade está presente
 TESOURO ESCONDIDO
"e, se clamares por inteligência, e por entendimento alçares a voz, se buscares a sabedoriacomo a prata e como a tesouros escondidos a procurares."Provérbios 2:3-4
 
Aquele que pede recebe, o que busca encontra. Mas aquele que valoriza a sabedoria certamente terá a direção de sua vida e riquezas imensuráveis.
 
"Porque melhor é a sabedoria do que jóias, e de tudo o que se deseja nada se pode comparar com ela.
Eu, a sabedoria, habito com a prudência e disponho de conhecimentos e de conselhos".
Eis porque ter sabedoria é possuir riquezas imensuráveis.

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

O grande OPERADOR de Milagres.‏

Postado em: "Tempos de Deus", Um ministério de Amor.



Toque Suas vestes
Então ele lhe disse: “Filha, a sua fé a curou! Vá em paz e fique livre do seu sofrimento”. Marcos 5:34.
Cada milagre de cura operado por Jesus, o forte Filho de Deus forte, abre uma janela para a nossa salvação. Em diversos lugares os escritores do Evangelho usam a mesma palavra, Sozo, para a cura do corpo e a cura da alma. Jesus torna os homens e mulheres inteiros – Ele é o autor da vida.
"O dinheiro não pode comprá-la, o intelecto não pode compreendê-la, o poder não pode exigi-la, mas para todos que quiserem aceitá-la a gloriosa graça de Deus é dada gratuitamente. Contudo os homens podem sentir a sua necessidade, e, renunciando a qualquer dependência de si mesmos, aceitarem a salvação como uma dádiva.
Aqueles que irão entrar no céu não escalarão suas paredes por sua própria justiça, nem as suas portas lhes serão abertas por meio de custosas oferendas de ouro ou prata, mas obterão entrada para as muitas moradas da casa do Pai, pelos méritos do cruz de Cristo  
"Se eu somente tocar suas vestes, ficarei curada,” disse para si mesma, a mulher com a hemorragia de 12 anos. Em meio à multidão ela se aproximou de Jesus por trás, perseverou e, sem ser notada, tocou no manto de Jesus. Como resultado, ela foi curada.
Nós também podemos tocar e ser curados. O Doador da vida não está presente pessoalmente entre nós para banir nossas dores corporais e doenças, mas Ele é plenamente real. Jesus está vivo e podemos conhecer o poder da Sua vida.
Nossa única recomendação é a nossa necessidade. Toda pessoa que sente a necessidade de ajuda externa, todo homem ou mulher que renuncia a auto-suficiência e se apóia inteiramente nos méritos de Jesus, todo aquele que vem a Jesus e toca nEle com fé – todo aquele que fizer isso encontrará a cura.
Preste atenção! Jesus nos cura, não apenas uma, mas várias vezes. Ele nos oferece nova vida não apenas por ocasião da nossa conversão, mas a cada momento que estendemos a mão para tocar as Suas vestes. Em meio à multidão da vida, se tocarmos nEle seremos curados.
Hoje podemos tocar em Jesus e ser curados. Quando estamos abatidos, quando nos sentimos um fracasso, quando lutamos contra a dor e a doença que nos têm oprimido durante anos, podemos estender a mão e tocar Suas vestes.
ORAÇÃO
Jesus, médico da alma. Reconhecendo a minha extrema necessidade me aproximo de Ti, estendo a mão e suplico: cura-me.

Autor: William G. Johnsson
Deus é contigo sempre !
{Jeremias 33-3} Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes que não sabes.

Se Deus é o Oleiro, a casa do oleiro é a Casa de Deus

Postado em: "Tempos de Deus", Um ministério de Amor.

Se Deus é o Oleiro, a casa do oleiro é a Casa de Deus. O apóstolo Paulo
nos diz claramente em 1Tm.3:15, que
a Casa do Deus vivo é a Igreja. Deus não é uma estátua imóvel enfeitando uma
prateleira. Ele é vivo, e tem uma Casa igualmente viva. A epístola do apóstolo
Paulo aos efésios revela-nos que a Igreja é a família de Deus, e a habitação de
Deus no Espírito Ef.2:19,22. No
Livro aos Hebreus lemos que a Igreja é a Casa de Deus Hb.3:5-6. Portanto, não nos resta dúvida nenhuma de que a Igreja é
a Casa de Deus, o Oleiro.
Em Rm.9:21-23, afirma que, do
mesmo barro, o Oleiro pode fazer um vaso para honra e outro para desonra,
conforme a Sua vontade. Deus é soberano, e como o Divino Oleiro, tem direito
sobre a massa, para do mesmo barro fazer vasos para honra destinados à glória e
vasos para desonra destinados à perdição. Em se tratando da escolha de Deus,
tudo depende da Sua misericórdia. É unicamente pela Sua misericórdia que hoje
somos vasos na Sua Casa, a Igreja. Precisamos ficar impressionados com a
questão dos vasos. 

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

sábado, 25 de junho de 2011

O VÔMITO DE DEUS.

Postado em: "Tempos de Deus", Um ministério de Amor.


O VÔMITO DE DEUS.  

 

ESTA MENSAGEM VAI TRANSFORMAR E IMPACTAR A SUA VIDA. ACREDITE!!!

texto
Apocalipse - 3:14-22
14. E ao anjo da igreja que está em Laodicéia escreve: Isto diz o Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de Deus:
15. Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente; quem dera foras frio ou quente!
16. Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca.
17. Como dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um desgraçado, e miserável, e pobre, e cego, e nu;
18. Aconselho-te que de mim compres ouro provado no fogo, para que te enriqueças; e roupas brancas, para que te vistas, e não apareça a vergonha da tua nudez; e que unjas os teus olhos com colírio, para que vejas.
                                      INTRODUÇÃO
                   Esta mensagem nos ajudará a entender o livro menos entendido da bíblia. O livro menos pregado por pastores e evangelistas, ou aqueles que ministram a mensagem do céu.
                Sempre quando vejo um pregador que ao iniciar sua mensagem pega como base o livro do Apocalipse, eu fico com o coração palpitante, pois minha sede é tamanha, e como também sou um pregador da palavra do céu, vou trazer lhe uma singela, mas profunda palavra, para que juntos possamos crescer na graça e no entendimento. Então começaremos conhecendo a cidade de Laodicéia, a qual tinha uma igreja evangélica, e recebeu da parte de Deus uma carta escrita por João, quando este estava preso inocentemente na Ilha de Patmos.

 QUEM ERA LAODICÉIA?
Laodicéia era uma cidade rica e florescente do Império Romano, na Ásia Menor, situada ao Sudoeste de Filadélfia, nas proximidades da cidade de Colossos, cujos nomes anteriores foram Dióspolis e Rheos. O nome Laodicéia é formado por duas palavras, Laos=Povo e Dicéia=Voz, ou opinião, ou seja, “A voz do povo”, que significa democracia, foi-lhe dado em homenagem à esposa do rei sírio Antíoco II.
Laodicéia fica no principal cruzamento de estradas dos vales da Ásia Menor, no que é hoje a Turquia. A cidade estava situada numa montanha que dava para um vale fértil e majestosas montanhas. Nos tempos romanos, a cidade era um importante centro administrativo e comércial. As questões de justiça da região eram ouvidas em Laodicéia e fundos eram depositados nos bancos da cidade para segurança. Também possuía uma fantástica escola de medicina, e ali se produzia a lã negra de alta qualidade.
Esta era a formosa cidade de Laodicéia, a qual o Senhor olhando para ela teve vontade de vomitar. Mas por que Jeová teve vontade de vomitar?
Ainda hoje existem igrejas que estão na condição de Laodicéia, vivendo como naquela época se vivia, pois vemos o Senhor dizer no versículo 17, que ela se achava rica e abastada, mas na verdade era uma cidade desgraçada, e ainda pior, miserável, pobre, cega e nua.
 O povo de Laodicéia deixou o amor da verdade trazida pelo Senhor Jesus e se enveredaram para os prazeres da vida e de coisas que o dinheiro pode oferecer. É por isso que eu abomino e repudio pastores idiotas que se negam em pregar a verdade e ficam ensinando a teoria da prosperidade, e pior, querem ensinar que para ter devem primeiro dar, e ficam arrancando dinheiro de pessoas humildes que pouco tem para sua sobrevivência. Hoje estamos cheios de “Igreja evangélica de Laodicéia”, são igrejas desgraçadas, sem a graça da presença de Jesus, e miseráveis não vendo mais os milagres que outrora aconteciam pobre da unção que vem do alto, cegos não vendo a luz da verdade, e nu, sem o que lhes protejam do frio da heresia e apostasia, igrejas que confiam em si mesmas.

UMA IGREJA INOPERANTE
                A Igreja de Laodicéia estava inoperante, sem ação, já não tocavam mais o coração de Deus. Mas o que realmente pode ter causado esta inoperância, a ponto de provocar um vômito em Cristo? O que aconteceu com esta igreja que a levou ser tão nojenta? Eu vou lhes dizer.
                Havia três fatores que causaram a inoperância da igreja de Laodicéia, senão vejamos:
1 – A INFLUÊNCIA DO PODER ECONÔMICO
                Pois era um pólo de bancos e um local onde circulava grande volume de dinheiro, e dinheiro não era o problema para eles, por isso na carta se lê o Senhor lhes dizendo que compre dEle o ouro provado no fogo, para que tenha uma riqueza verdadeira. O Senhor estava falando da riqueza que ouro nenhum compra a riqueza espiritual.
                Essa busca por dinheiro esta levando pastores ao declínio moral, arrastando com eles toda uma igreja.

2 – A INFLUÊNCIA DA INDÚSTRIA TEXTIL
                Laodicéia era grande produtora da lã negra, uma lã de grande qualidade e cara, o que os deixava orgulhosos, envaidecidos, vivendo de aparência, mas Cristo os orienta a adquirirem uma veste branca para que vestissem e assim escondesse a sua nudez, o que nos faz crer que o Senhor estava falando que o pecado de Laodicéia estava à mostra.
                A confiança em si próprio, está acabando com homens que nasceram para servir a Deus e agora só pensam em servir a si mesmo.

3 – A INFLUÊNCIA DA MEDICINA
                Laodicéia estava especializada na medicina, pois havia ali uma escola de medicina muito famosa, e que fabricava dois ungüentos quase milagrosos para os olhos e ouvidos. Fabricava também um colírio a base de pó frígio, que era seu mais importante produto.
                Hoje os homens estão achando que igreja é igual “buteco” (não deu fecha), pois seus olhos estão como olhos de porcos, só olham para baixo. Esqueceu-se que a igreja é a noiva de Cristo e a estão tratando como se fosse um poço de notas de cem reais. Idiotas, cegos, miseráveis, pobres e nus.

             O VÔMITO DE DEUS
                O corpo humano é algo fantástico, e uma das coisas que podemos citar é que quando algo estragado adentra em nosso estômago, este logo ao detectar começa a se contrair em uma força extraordinária para jogar para fora aquilo que não presta.
                Isso estava acontecendo com o Senhor quando Ele conversava com o Apóstolo João em Patmos, seu estômago começava a se contrair, procurando jogar a Igreja de Laodicéia para fora. Agora veja como nosso Cristo é maravilhoso, e conhece nossos defeitos, e não pense esses sem vergonhas da vida, que vão enganar o Senhor, que não vão não.
                             A MARCA DE LAODICÉIA
Laodicéia ficava entre duas cidades, Hierápolis e Colossos, e em contraste a cidade vizinha de Hierápolis possuía fontes térmicas medicinais, que eram fontes com águas quentes. Já a vizinha cidade Colossos era abastecida por fontes de águas fria que desciam das montanhas e eram abundantemente potáveis. Porém o suprimento de água de Laodicéia vinha de uma fonte distante através de tubos ou aquedutos. Em conseqüência quando a água chegava à cidade estava morna e pouco potável, e ao engolir esta água muitos vomitavam, pois era impossível de ser ingerida.
                       A REVELAÇÃO
Hoje o nosso Senhor e salvador Jesus Cristo esta a pedir que a Igreja seja fria e assim possa saciar a sede de muitas pessoas que andam pelo mundo buscando a quem possa matar sua sede. Então você que esta lendo esta mensagem, busque saciar a sede de seu irmão como uma água fresca, que é a verdadeira palavra de Deus.
Ele também nos pede que sejamos quentes e assim aquecermos os frios de coração e espírito e consequentemente sejamos medicinalmente curativos para nossos irmãos.
Mas com toda certeza Ele, o Senhor Jesus Cristo, não quer que sejamos mornos como as águas de Laodicéia, que era de pouca, ou talvez nenhuma utilidade, servindo para provocar vômitos no corpo de nosso Senhor. E se a caso nesse momento você meu irmão que está lendo esta mensagem estiver nas condições de Laodicéia, ainda há tempo para se arrepender e mudar sua vida, pois veja o que o Senhor escreve no final da carta:

20. Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo.
21. Ao que vencer lhe concederei que se assente comigo no meu trono; assim como eu venci, e me assentei com meu Pai no seu trono.
22. Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas.

                Abra hoje as portas de seu coração a convide Cristo a entrar, e com toda certeza você ser frio e quente, assim como é o desejo de nosso Senhor Jesus Cristo.
                Que o Eterno Senhor Deus de Abraão, Isaque e Jacó o abençoe. Amém.

Extraído do blog do (Programa para Vencer) Pr.Jorge Castilhos

ORAÇÃO E FARINHA

Postado em: "Tempos de Deus", Um ministério de Amor.

Se crerem, receberão tudo o que pedirem em oração. Mateus 21:22. Quando você pede algo a Deus em oração, e a resposta às vezes parece demorar, qual é sua reação? A missionária Ana estava terminando seu período de trabalho em um país do Sudoeste Asiático, preparando-se para voltar para seu país de origem. Foi quando ela começou a sentir fortes dores no estômago. Além disso, o cheque de pagamento vindo da missão além-mar também não havia chegado. Todo dia, Ana acordava bem cedo e, depois de sua devoção pessoal, se dirigia até o correio, aguardando o dinheiro que tanto lhe fazia falta. Contudo, sempre ela voltava de mãos vazias. A dor no estômago aumentou e o estoque de alimentos diminuiu, até que sobrou apenas um barril com farinha de aveia. O pior é que ela detestava farinha de aveia. O que fazer? Ela resolveu orar e pedir a intervenção divina.Passaram-se mais três semanas e nada do dinheiro chegar. Três vezes ao dia Ana tinha que ingerir a odiosa farinha de aveia. Mas, ao contrário do que ela imaginava, sua saúde foi melhorando. Em parte, sua oração foi respondida. Então, finalmente, chegaram os novos missionários, trazendo consigo o pagamento de Ana. A primeira coisa que Ana fez foi procurar um bom restaurante e comer uma bela refeição. Tinha a esperança de que nunca mais precisaria comer farinha de aveia novamente! Depois, tratou de comprar a passagem que a levaria de volta a seu país. Quando desembarcou, procurou um médico para fazer alguns exames. Contou de sua enfermidade e da dieta prolongada usando farinha de aveia. Então, foram feitos exames laboratoriais. Quando o resultado saiu, o médico arregalou os olhos, assustado. Ana havia se recuperado de um caso grave de colite. Com toda certeza, afirmou o médico, a dieta de farinha de aveia havia sido a responsável por sua recuperação. Ana percebeu que Deus havia respondido à sua oração, mesmo sendo de um modo totalmente inesperado.Precisamos confiar sempre que Deus vai responder às nossas orações. E, muitas vezes, Ele o fará da maneira que não imaginamos. Mas sempre será para o nosso bem. (Meditações Diárias CPB).

terça-feira, 21 de junho de 2011

Culto de encerramento reúne 20 mil evangélicos

Postado em: "Tempos de Deus", Um ministério de Amor.


Foi o culto de encerramento das comemorações dos 100 anos da Assembleia de Deus.


Cerca de 20 mil evangélicos participaram do culto de encerramento das comemorações dos 100 anos da Assembleia de Deus, realizado no Centro de Convenções “Centenário da Assembleia de Deus”, na Augusto Montenegro. O culto foi comandado pelo pastor Samuel Câmara, presidente da Assembleia em Belém, e teve a participação do Grupo Celebrai e das cantoras Alessandra Prado e Mary Monteiro, entre outras atrações.

Samuel Câmara avaliou como o momento mais marcante das comemorações as celebrações no Estádio Mangueirão, no sábado (18), dia da fundação da igreja, lembrando que às 15h o estádio teve que ser fechado por causa da lotação. “Deus escolheu esse tempo para sacudir, despertar a Igreja para a Igreja avançar”, avaliou o pastor.

Em meio ao culto, ele lançou uma campanha para modernizar a TV Boas Novas que transmitiu ao vivo toda a programação do Centenário para 22 capitais e 90 cidades do país. Samuel Câmara disse que “é um desafio para o povo evangélico usar a tecnologia da TV como instrumento de evangelização para servir Jesus melhor e dar aos jovens uma opção de fé e responsabilidade moral e religiosa”.

HONRA

Para o encarregado de obras, Elvis Oliveira, 41, a festa do Centenário “foi uma benção que marca o Pará”. Ivaneide Araújo Almeida, 31, mulher dele, disse que foi “uma honra muito grande para os paraenses. Foi maravilhoso”.

O pastor Moisés Vicente da Silva, 54, que veio de Marabá especialmente para a festa, disse que o evento “de alguma maneira traz uma esperança maior”. O pastor Sérgio Vieira, 35, veio de Minas Gerais. Segundo ele, “foi a maior e melhor apresentação que vi até hoje e vai ficar na minha lembrança e na lembrança de todos os evangélicos para sempre”.

CUSTOS

O Centenário da Assembleia de Deus custou cerca de R$ 25 milhões, incluindo a construção do Centro de Convenções que tem 13 mil metros quadrados. A programação teve início na última quinta-feira (16), com a inauguração dos três símbolos que marcaram o evento: o Museu da Assembleia de Deus, na rua João Diogo; a avenida Centenário (antiga Dalcídio Jurandir); e a inauguração do Centro de Convenções.

Durante os cinco dias da programação, houve cultos e louvores no Estádio Baenão e no Mangueirão, sempre com lotação completa. Foi feita ainda uma representação da chegada dos suecos Gunnar Vingren e Daniel Berg, que fundaram a Assembleia no dia 18 de junho de 1911, em Belém. Anteontem, foi realizado o batismo de duas mil pessoas que se converteram à Assembleia de Deus. A ação foi realizada na Praia Grande, em Outeiro.

A Assembleia de Deus está presente em 176 países. Somente no Pará existem 4.500 templos.

Com informações do Diário do Pará

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Guarda Isso.Ponha num quadro e pendura na parede‏

Postado em: "Tempos de Deus", Um ministério de Amor.

UM truque que você tem que saber — e nunca cair nele


NOSSAS MENTES pregam peças na gente.

Por exemplo, nós olhamos no espelho e achamos que o que estamos vendo é uma imagem fiel de nossa aparência. Mas na verdade, se pensarmos bem, perceberemos que não. Na reflexão de um espelho, tudo o que aparece do lado esquerdo está na verdade do lado direito, e tudo do lado direito está na verdade do lado esquerdo. Quer dizer, estamos olhando para uma imagem invertida de nós mesmos. Mas não pensamos nisso quando estamos penteando o cabelo ou, no caso das mulheres, passando maquiagem, não é?

Igualmente, se você não pára para pensar no que vê no dia-a-dia, os seus olhos podem dar-lhe uma idéia distorcida da realidade à sua frente. Agora imagine como isso pode influenciar as suas decisões...

Um desses truques da mente é o que eu chamo de “Ilusão do Querer vs. Fazer”. Ela faz as pensarem que querem uma coisa, quando na verdade querem outra. Geralmente acontece assim: Pergunte à uma pessoa se ela quer algo muito bom e importante, tipo ter muito dinheiro, se casar, ter um ótimo relacionamento, perder peso, ou ver seus filhos bem sucedidos. A resposta provavelmente vai ser um retumbante ‘Sim!’ Ela vai dizer sim porque pensa que quer essas coisas. Mas será que quer mesmo?

Aqui está o truque: Não é o fato de você pensar que quer alguma coisa que mostra o que você realmente quer. É o que você faz que mostra o que você realmente quer.

Um trabalhador diz que quer ser rico. Mas o que ele faz? Continua sua rotina de ir ao seu emprego de 9 às 5, que lhe paga um salário baixo e não lhe oferece futuro; não faz nada pra mudar sua vida financeira. Ele pensa que quer ser rico. Mas o que ele quer na verdade? Como mostram suas atitudes, que não mentem, o que ele quer mesmo é continuar pobre.

Uma esposa diz que quer ter paz no casamento mas continua desrespeitando e criticando o marido sempre que pode. Ela pensa que quer paz. Mas o que ela quer de verdade? Como mostram suas atitudes, o que ela quer mesmo é guerra.

Você está começando a entender?

É o que você faz que mostra o que você quer.

Quer descobrir o que você realmente quer? Olhe para o que você faz, não para o que você pensa que quer. Daí é claro, se você vê que o que você tem feito não é o que deveria estar fazendo para alcançar o que quer, então você sabe por onde começar a mudar — por suas atitudes.

Repita isso para si mesmo: “É o que eu faço que mostra o que eu quero.” Guarde isso. Ponha num quadro e pendure na parede.

Eu ia terminar lhe dizendo ‘Pense nisso.” Mas para não arriscar cair em outro truque da mente, antes lhe digo:

Vá e FAÇA algo a respeito disso.

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Parabéns à todos os Pastores!‏

Postado em: "Tempos de Deus", Um ministério de Amor.

Segundo Domingo de Junho é Dia do Pastor!!!



SER PASTOR 

Qual o sentido dessa palavra? Ser pastor! Uma afirmação tão pequena, mas repleta de tanto significado!

Ser pastor é muito mais que ser um pregador. Está além de ser um administrador de igreja. Muito além de professor ou conferencista.. Ser pastor é algo da alma, não apenas do intelecto.

Ser pastor é sentir paixão pelas almas. É desejar a salvação de alguém de forma tão intensa, que nos leve à atitude solidária de repartir as boas-novas com ele. É chorar pelos que se mantém rebeldes. É pensar no marido desta irmã, no filho daquela outra, na esposa do obreiro, nos vizinhos da igreja, nos garotos da rua. Ser pastor é tudo fazer para conseguir ganhar alguns para Cristo.

Ser pastor é festejar a festa da igreja. É alegrar-se com a alegria daquele que conquista um novo emprego, daquele que gradua-se na faculdade, daquele que recebe a escritura da casa própria ou do outro que recebeu alta no hospital.

Ser pastor é ter o brilho de alegria ao ver a felicidade de um casal apaixonado, ao ver o sucesso na vida cristã de um jovem consagrado, é festejar a conversão de um familiar de alguém da igreja por quem há tempos se vinha orando.

Ser pastor é desejar o bem sem cobiçar para si absolutamente nada, a não ser a felicidade de participar dessa hora feliz. Mas ser pastor também é chorar. Chorar pela ingratidão dos homens. Chorar porque muitas vezes aqueles a quem tanto se ajudou são os primeiros a perseguirem-nos, a esfaquearem-nos pelas costas, a criticarem-nos, a levantarem falso testemunho contra a igreja e contra nós. É chorar com os que choram, unindo-nos ao enlutado que perdeu um ente querido, é dar o ombro para o entristecido pela perda de um amor, é ser a companhia do solitário, é ouvir a mesma história uma porção de vezes por parte do carente. Chorar com a família necessitada, com o pai de um drogado, com a mãe da prostituta, com a família do traficante, com o irmão desprezado.

Ser pastor é não ter outro interesse senão o pregar a Cristo.. É não se envolver nos negócios deste mundo, buscando riquezas, fama e posição. É saber dizer não quando o coração disser sim. É não ir à casa dos ricos em detrimento dos pobres. É não dar atenção demasiada para uns, esquecendo-se dos outros. É não ficar do lado dos jovens, em detrimento dos adultos e vice-versa. Ser pastor é não envolver-se em demasia com as pessoas, ao ponto de se perder a linha divisória do amor e do respeito, do carinho e da disciplina. Ser pastor é não aceitar subornos nem tampouco desprezar os não expressivos.

Ser pastor é ser pai. É disciplinar com carinho e amor, conquanto com a firmeza da vara, da correção e, não raras vezes, da exclusão de pessoas queridas. É obedecer a Bíblia, não aos homens. É seguir a Deus, não ao coração. Ser pastor é ser justo. Ser pastor é saber dizer não, quando a emoção manda dizer sim.

Ser pastor é ter a consciência de não ser sempre popular, principalmente quando tiver que tomar decisões pesadas e difíceis, e saber também ser humilde quando a bênção de Deus o enaltecer diante do rebanho e diante do mundo. Os erros são nossos, mas a glória é de Deus.

Ser pastor é levantar-se quando todos estão dormindo e dormir quando todos estão acordados, socorrendo ao necessitado no horário da necessidade.

Ser pastor é não medir esforços pela paz. É pacificar pais e filhos, maridos e esposas, sogros e genros, irmãos e irmãs.

Ser pastor é sofrer o dano, o dolo, a injustiça, confiando nAquele que é o galardoador dos que o buscam.

Ser pastor é dar a camisa quando lhe pedem a blusa, andar duas milhas quando o obrigam a uma, dar a outra face quando esbofeteado.

Ser pastor é estar pronto para a solidão. É manter-se no Santo dos Santos de joelhos prostrados, obtendo a solução para os problemas insolúveis.

Ser pastor é não fazer da esposa um saco de pancadas, onde descontar sua fragilidade e cansaço. Ser pastor é ser sacerdote, mantendo sigilo no coração, mantendo em segredo o que precisa continuar sendo segredo, e repartindo com as pessoas certas aquilo que é "repartível".

Ser pastor é muitas vezes não ser convidado para uma festa, não ser informado de uma notícia ou ser deixado de fora de um evento, e ainda assim manter a postura, a educação, o polimento e a compaixão.

Ser pastor é ser profeta, tornar o seu púlpito um "assim diz o Senhor", uma tocha flamejante, um facho de luz, uma espada de dois gumes, afiada e afogueada, proclamando aos quatro ventos a salvação e a santificação do povo de Deus.

Ser pastor é ser marido e ser pai. É fazer de seu ministério motivo de louvor dentro e fora de casa. É não causar à esposa a sensação de que a igreja é uma amante, uma concorrente, que lhe tira todo o tempo de vida conjugal.

Ser pastor é amar aos seus filhos da mesma forma que ensina aos pais cristãos amarem aos seus. É olhar para os olhos de seus filhos e ver o brilho de seus próprios olhos. É preocupar-se menos com o que os outros vão pensar e mais no que os filhos vão aprender, sentir e receber. É ver cada filho crescer, dando a cada um a atenção e o amor necessários. É orgulhar-se de ser pai, alegrar-se por ser esposo, servir de modelo para o povo. E, quando solteiro, tornar a sua castidade e dignidade modelo dos fiéis, enaltecendo ao Senhor, razão de sua vida.

Ser pastor é pedir perdão. Se os pastores fossem super-homens, Deus daria a tarefa pastoral aos anjos, mas preferiu fazer de pecadores convertidos os líderes de rebanho, pois, sendo humanos, poderiam mostrar aos demais que é possível ser uma bênção. Mas, quando pecarem, saberem pedir perdão. A humildade é uma chave que abre todas as portas, até as portas emperradas dos corações decepcionados. A humildade pode levar o pastor à exoneração, como prova de nobresa e integridade, como pode fazê-lo retomar seus trabalhos com maior pujança e vigor. Há pecados que põem fim a um ministério e ser pastor é saber quando o tempo acabou. Recomeçar é possível, mas nem sempre.

Ser pastor é saber discernir entre ficar ou sair, entre continuar pastor e recolher-se respeitosamente.

Ser pastor é crer quando todos descrêem. Saber esperar com confiança, saber transmitir otimismo e força de vontade. É fazer de seu púlpito um farol gigantesco, sob cuja luz o povo caminha sempre em frente, para cima e em direção a Deus. Ser pastor é ver o lado bom da questão, é vislumbrar uma saída quando todos imaginarem que é o fim do túnel. Ser pastor é contagiar, e não contaminar.

Ser pastor é inovar, é renovar, é oferecer-se como sacrifício em prol da vontade de Deus. Ser pastor é fazer o povo caminhar mais feliz, mais contente, é fazer a comunidade acreditar que o impossível é possível, é fazer o triste ser feliz, o cansado tornar-se revigorado, o desesperado ficar confiante e o perdido salvar-se. As guerras não são ganhas com armas, mas com palavras, e as do pastor são as palavras de Deus, portanto, invencíveis.

Ser pastor é saber envelhecer com dignidade, sem perder a jovialidade. É ser amigo dos jovens e companheiro dos adultos. Ser pastor é saber contar cada dia do ministério como uma pérola na coroa de sua história.

Ser pastor é ser companhia desejada, querida, esperada. É saber calar-se quando o silêncio for a frase mais contundente, e falar quando todos estiverem quietos.

Ser pastor é saber viver.

Ser pastor é saber morrer. E quando morrer, deixar em sua lápide dizeres indeléveis, que expressem na mente de suas ovelhas o que Paulo quis dizer, quando estava para partir: "combati o bom combate, terminei a carreira, guardei a fé". Ser pastor é falar mesmo depois de morto, como o justo Abel e o seu sangue, através de sua história, de seu exemplo, de seus escritos, de suas gravações.

Ser pastor é deixar uma picada na floresta, para que outros venham habitar nas planícies conquistadas para o Reino do Senhor.

Ser pastor é fazer com que os filhos e os filhos dos filhos tenham um legado, talvez não de propriedades, dinheiro ou poder político, mas o legado do grande patriarca da família, daquele que viveu e ensinou o que é ser um pastor.

Eu sou pastor.
Obrigado, Senhor!

Autor: Pr. Wagner Antonio de Araújo
Igreja Batista Boas Novas de Osasco, SP

Visite Conselho de Pastores do Brasil - CPB. em: http://conselhodepastorescpb.ning.com/?xg_source=msg_mes_network

segunda-feira, 13 de junho de 2011

O Amor Tudo Espera...O amor jamais acaba‏

Postado em: "Tempos de Deus", Um ministério de Amor.


O Amor Tudo Espera
O amor não conhece limites para sua paciência, fim para sua confiança, nem enfraquecimento de sua esperança; ele é capaz de superar tudo. {1 Coríntios 13:7,}

Quando Elizabeth Barret se tornou esposa de Robert Browning, seus pais desaprovaram o casamento e a deserdaram. Elizabeth escrevia para eles quase toda semana, dizendo como os amava e que aguardava a reconciliação. Esperou meses e anos pela resposta.

Depois de dez anos, ela recebeu pelo correio uma caixa grande, que continha todas as cartas que ela havia escrito. Nenhuma tinha sido aberta. Apesar de essas “cartas de amor” terem depois se tornado parte da literatura inglesa, é realmente triste pensar que elas nunca foram lidas pelos pais de Elizabeth. O relacionamento rompido com a filha poderia ter sido refeito se eles tivessem pelo menos olhado algumas delas. A espera não teve resultado positivo, mas nem por isso o amor desistiu.

No capítulo dedicado ao amor, no verso mais curto, o apóstolo Paulo diz que o amor “tudo espera” (1Co 13:7). Há esperança de que o inimigo se torne amigo. De que volte o esposo ou a esposa que abandonou a casa.

Mesmo os namorados
, depois de terem levado um “fora”, ainda interpretam qualquer comportamento do ex como sinal de esperança de que o namoro pode ser refeito. Assim, um telefonema, um olhar intencional, um sorriso ao cruzarem no caminho, um encontro que não era para acontecer, mas aconteceu – tudo isso atua como sinal e desperta esperança: “Ainda tenho esperança de que ele/ela volte para mim.”

E se a espera não der resultado, numa expressão de consolo, dizem: “Ah, pode deixar, meu/minha próximo(a) namorado(a) terá o magnetismo e o carinho que esse/essa não teve.”

A esposa espera que o marido alcoólatra largue a bebida e se torne o pai que os filhos precisam. Mas é o amor que a faz esperar.

Quando o filho ou a filha se rebelam e rejeitam os valores e a tradição da família e abandonam o lar, não há outra saída senão esperar.
O filho pródigo ainda é filho. Não interessa por quanto tempo tenha saído de casa, se foram dias,semanas, meses, quem sabe até anos, o pai continua esperando porque ama
Deus é o campeão no quesito espera. O coração dEle é marcado pelo desejo de ver todos incluídos no Seu círculo de amor.
 

sábado, 11 de junho de 2011

Doze Homens para Mudar o Mundo

Postado em: "Tempos de Deus", Um ministério de Amor.


Escolheu doze, designando-os apóstolos, para que estivessem com ele, os enviasse a pregar e tivessem autoridade para expulsar demônios. Marcos 3:14, 15, NVI.

Quando Deus quis mudar o mundo, ele escolheu pessoas. Ele confiou a tarefa mais importante do mundo a seres humanos.Será que é possível encontrar uma estratégia melhor do que a escolhida por Deus?
O computador está revolucionando a sociedade. Os editores de texto podem verificar a ortografia, corrigir a gramática, e colocar na tela os sinônimos e antônimos. Mas essas ferramentas não produzem um bom texto, mais do que uma enxada nova produz um belo jardim. Um bom texto vem de um bom escritor, não de um computador.

Quando a indústria automotiva Chrysler enfrentou graves problemas financeiros na década de oitenta – problemas tão profundos que os economistas temiam pela sua sobrevivência – o governo dos Estados Unidos providenciou socorro através de empréstimos maciços. A empresa finalmente saiu da crise – mas não predominantemente por causa da ajuda financeira governamental. Um homem ao leme, Lee Iacocca, salvou a Chrysler.

A maior necessidade do mundo não é de mais dólares, mais programas, ou mais educação. É de pessoas – homens e mulheres.

"A maior necessidade do mundo é a de homens – homens que se não comprem nem se vendam; homens que no íntimo da alma sejam verdadeiros e honestos; homens que não temam chamar o pecado pelo seu nome exato; homens, cuja consciência seja tão fiel ao dever como a bússola o é ao pólo; homens que permaneçam firmes pelo que é reto, ainda que caiam os céus" (Educação, p. 57).
A maior necessidade da Igreja também é de pessoas.
Antigamente, 12 homens mudaram o mundo (e um deles era uma maçã podre no barril). Alguns poucos homens e mulheres consagrados também podem mudar o mundo em nossos dias.

O que dizer acerca dos 12 homens escolhidos por Jesus? Eram pessoas de talentos extraordinários, pessoas que se destacavam em meio à multidão?
Não. Mas eles eram homens que Deus podia usar. Eram fervorosos, dedicados. Amavam a Cristo. Viviam para a Sua missão. Por isso realizaram muito.

Esta ainda é a maneira como Deus muda o mundo.

ORAÇÃO

Ó Mestre da missão, faz de mim uma pessoa que você possa usar para mudar o mundo. Ajuda-me a compreender que o Seu trabalho avança tão silenciosamente como o amanhecer. Que eu possa glorificar o Seu nome aonde quer que você me coloque hoje.
Autor: William G. Johnsson
 
Deus contigo Sempre